terça-feira, 11 de agosto de 2009

Escalas Exóticas – Japanese Scales - Por Jota Sabóia


Escalas Exóticas

Para sair do ponto comum e explorar novas possibilidades de sons, intervalos, essas escalas são ideais para “desintoxicar”. Vi esse termo sendo usado uma vez por Mozart Mello em uma matéria e a partir daí entendi que muitas vezes rodamos em círculos e ficamos tocando sempre as mesmas escalas, os mesmos licks e os mesmos solos.

Se você pensa que só desenvolve na Guitarra pegando solos difíceis do Paul Gilbert, Joe Satriani e Steve Vai, está enganado!!! Esses três que citei são Mestres e Gênios na guitarra sem dúvida, mas aonde está o erro? Muitas vezes a ansiedade de tocar bem atrapalha e atropela os níveis, alguém do nível básico quer tirar um solo do nível avançado e esbarra na Muralha da técnica achando difícil o solo e nunca mais pegando ele. A dica é: Tirar solos e melodias básicas de músicas simples, e assim vai motivando-se mais a cada solo conseguido e chegando mais longe.

E as escalas Japonesas ?

Como o Mestre Mozart já disse: É preciso desintoxicar

E o remédio vou te passar é uma receita diferente, que vai melhorar bastante seu Som e enriquecer seus solos.

Escala Hirajoshi

A primeira escala Japonesa que passarei é a “Escala Hirajoshi” e mostrarei 2 desenhos.

Hirajoshi é uma pentatônica que possui uma estrutura de intervalos disposta em

( Tom – Semitom – 2 Tons – Semitom – 2 Tons ). Isto significa que a escala Hirajoshi tem Um Tom de distância da primeira nota para a segunda , um SemiTom de distância da segunda nota para a terceira, Dois Tons de distância da terceira nota para a Quarta, Um Semitom de distância da Quarta para a Quinta nota da escala e finalizando Dois Tons da Quinta para a Sexta nota da escala.

Veremos os exemplos na Tonalidade de “A – Lá”, em que temos na Escala as seguintes notas: (A – B – C – E – F – A).

A fórmula para essa escala é ( 1 - 2 - b3 – 5 - b6 ), o que significa:

1 = Fundamental, 2 = Segunda Maior, b3 = Terça Menor , 5 = Quinta Justa e b6 =Sexta Menor.

A teoria pode ser aparentemente difícil mais é o mais importante, pois com a teoria de formação da escala você a encontra em qualquer parte do Braço sem precisar decorar Desenhos. Mas os desenhos também ajudam muito. Vamos aos desenhos:

Exemplo 1:

Exemplo 2:

Exemplo 3 – Junção do Ex1 e Ex2:

Faça aqui o download das figuras dos Exercicios e essa aula em Word e os Arquivos em Guitar pro 5 .

Download





Escalas Exóticas - Escalas Japonesas

Por Jota Sabóia

jotasaboia@mestredaguitarra.com.br

Jota Sabóia Dúvidas e perguntas, bate papo e colaborações para: Email e MSN: jsaboia777@hotmail.com

Me adicionem no MSN e entrem na comunidade do Orkut: Comunidade no Orkut Link

Apoio:







Bem amigos espero que gostem, muito estudo e até mais!!!

4 comentários:

  1. joia mano
    curti bastante essas escalas

    ResponderExcluir
  2. Era exatamente essa sonoridade que estava procurando, as escalas japonesas são espetaculares.

    Obrigado!

    Wood
    www.hecatombe.com.br

    ResponderExcluir
  3. em uma das apresentações da minha banda acabei me embebedando um pouco mais que o limite pra tocar e esqueci o solo,essa escala me ajudo muito pra dar um contorno no publico rsrsrs mto bom , vlw galera

    ResponderExcluir